sábado, 16 de outubro de 2010

Só para deixar claro

Antes de mais nada, esclarecendo algumas cositas. Quando escrevi o Momento Saudosista acredito ter me expressado mal, pois recebi vários comentários (e inclusive o Lucas conversou comigo mais tarde naquele dia) me aconselhando a aproveitar os momentos com a Lara enquanto ela ainda é bebê, e que eu poderei ir em baladas futuramente.

Explicando: eu sei que disse que estava com saudade do meu 3º ano, e das festas, inclusive das festas que eu poderia ter ido este ano, mas que não fui devido à gravidez e agora à bebezinha sob meus cuidados. Mas... eu não estava reclamando. Pelo contrário, essa saudade a qual me referi no post é uma saudade gostosa, pois sei que em breve (ano que vem) poderei sair com os amigos e cuidar mais de mim também. Sei também que, sem dúvidas, o momento que vivo agora com a minha filha não se compara à nenhuma dessas festas que eu "perdi". Não trocaria estar com ela por nada! -Ainda mais depois do sorrisão aberto que ela soltou enquanto eu conversava com ela quando ela acordou essa madrugada! Quase chorei de tanta emoção, afinal, o primeiro sorriso consciente para a mamãe aqui! Quem foi mesmo que disse que as mães deveriam ter uma câmera embutida na retina para capturar momentos como esses? Não lembro, mas concordo PLENAMENTE!

Acabou que eu nem aproveitei o sabadão para organizer as pendências. Ainda bem que não é nada sério, só umas coisas que eu tenho sempre deixado para depois. Mas daqui a pouco o Lucas chega, e então amanhã ele ficará corujando a Lara enquanto eu arrumo essas coisas!

Querem saber uma sábia frase para quem tem bebês em casa?: Para quê deixar para amanhã o que pode ser feito depois de amanhã.

Claro, se você tiver tempo e disposição, faça; mas dê preferência a um bom descanso, pois nunca sabemos quando o filhote vai resolver passar o dia inteiro no colo! - Né dona Lara!

7 comentários:

  1. Hehehe... amiga vc não é a unica do mundo q abriu mão da liberdade, da independencia, das baladas... eu tb, e te entendo perfeitamente, não é reclamação, é apenas um pensamento q temos o direito de ter! Eu por ex. queria muito ir ver tropa de elite no cinema, mas como?vou esperar sair um piratão mesmo rsrs... ser mãe é isto, por escolha ou não, agora temos q abidicar de nossos desejos individuais para torna-los coletivos não é mesmo?... mas eu sempre digo para meu marido, hj sou mãe, mas não vou negar q gostou de sair, curtir... não preciso esconder isto e sei q agora não é o momento, e muitos outros momentos de curtição familiar ou só com maridão ainda virão... mas no momento estou OFF para as curtidinhas! Mas logo estaremos aí curtindo outras "baladas" (leia-se festinhas de aniversário infantil hehehe)viagens e cinemas com nossas filhotas!
    Bjs grandes

    ResponderExcluir
  2. da bola não...por isso q eu naum gosto de escrever tdo q penso no blog, pois muita gente não entende... rsrs

    óbviamente q sabemos q balada alguma ou qualquer outra coisa, para nós mães apaixonadas por seus filhoes, é tãoooo delicioso quanto estar com nossos bebezinhos queridos e amados, não é?

    beijos

    ResponderExcluir
  3. www.dilemasdeumamaesemmanual.blogspot.com17 de outubro de 2010 03:35

    Oi querida! Claro que entendi sua colocação naquele post! Vc só estava desabafando. Balada não vai faltar daqui a um tempinho. Tempinho mesmo, porque passa tão rápido!!! Pena né? Como eu sempre disse aqui em casa: Dá bastante colinho porque com 15 anos não vai dá mais! Amo nunca é demais né? Bjinho pra vc que apesar da pouca idade é uma mãe que muitas marmanjas não conseguem ser! Lê

    ResponderExcluir
  4. sei bem o q é deixar as coisas pra depois... agora mesmo, estou com o joão no colo. E era pro mocinho dormir!!! rsrsrs normal. Tbem normal sentir falta das coisas.. eu moro de saudade das minhas aulas de hidroginastica e de fazer trufas (meu trabalho), mas ao mesmo tempo agradeço a oportunidade de poder ficar todo o tempo com meu filhote ;o)) bjos

    ResponderExcluir
  5. Esquenta não, esses momentos saudosistas sempre aparecem em fases diferentes de nossas vidas, acho que faz parte, mas assim que percebemos o que de bom está acontecendo no presente, nos sentimos muito melhores.
    Gradne abraço!!!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a sábia frase! rs...e a tal procrastinação do bem que sou total a favor!
    Sabe que li e não tive essa impressão!? Acho tããão normal esse misto de sentimentos, independente de idade, mãe com 18 ou balzaquiana como eu,rs! A vida é feita de substituições,de fases... hj meus meninos estão com 3 nos,minha filha com 10 anos e te digo uma coisa:NUNCA deixei de fazer nada!Sair,dançar,beber...não com tanta frequencia, mas mãe tb é mulher,namorada,fêmea pô, tem todo direito!:)
    Bjão!

    ResponderExcluir
  7. Oi Maria Thereza,
    voltei de viagem e aos poucos estou conseguindo matar as saudades dos blogs amigos.

    Todas temos os nossos momentos saudosistas e isso não significa reclamação e muito menos que não estamos curtindo os nosso filhos em sua plenitude.

    São momentos normais do nosso dia-a-dia.
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...